domingo, 30 de novembro de 2014

Título original: Without A Trace 
Título: Trace 
Autor: Nora Roberts
Tradução: Paulo Polzonoff Jr
Série: Os O'Hurley 04
Editora: Harlequin 
Ano: 2014 
Comprar: É possível compra no site da Harlequin: www.harlequinbooks.com.br ou em uma boa banca de jornais.


Resenha:

Como não amar Trace? O único menino dos O'Hurley, irmão mais velho das trigêmeas, ainda na adolescência deixou a família, após discutir com o pai e nunca mais voltou, tentou seguir um sonho, conhecer o mundo. Conseguiu, mas o meio encontrado não foi nada convencional. Neste período se transformou em um espião, um agente infiltrado.

Anos depois, já cansado e desiludido. E muito próximo da aposentadoria "voluntária", ele é pego de surpresa por Gillian, a ruiva sedutora, que o convence a participar da sua última missão. Ele não tem nada a perder. Com esse pensamento, ele pretende arriscar tudo nesta missão. Só que a convivência com a Dra. Ruiva, vai modificando os sentimentos do nosso lindo espião.

Gillian não se contenta com pouco, ela quer o homem inteiro e para isso vai ajudá-lo a se reencontrar com sua amada e maluca família. E conseguir o perdão do patriarca dos O'Hurley. Será que a Dra. vai conseguir tudo que quer? 

RECOMENDADÍSSIMO!!!!




Contra Capa:

NORA ROBERTS
apresenta os O’Hurley, uma família de
talento brilhante e paixão abrasadora.


Redenção.
Depois de todas as coisas que Trace O’Hurley vira e fizera, ele resolve deixar a vida de espião para trás. Nada poderia convencê-lo a mudar de idéia, nem mesmo Gillian Fitzpatrick com sua beleza ruiva e sangue irlandês. Trace não passava de um homem desiludido e sem nada a perder. Contudo, Gillian conseguira fazê-lo acreditar que era capaz de realizar o impossível. Resgatar a família dela e capturar uma organização terrorista. Pedir perdão. E voltar a ser parte dos O'Hurleys. Outra vez. 

sexta-feira, 28 de novembro de 2014
Título original: Das Kartengeheimnis
Título: O Dia do Curinga 
Autor: Jostein Gaarder
Tradução: João Azenha Jr.
Editora: Cia. Das Letras
Ano: 1999
Comprar: Nos seguintes sites: Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Já vou avisando, qualquer exagero, disparate, heresia ou algo que valha; escrito por mim nesta resenha, não pode ser classificado com absurdo, ok?

Porquê?

Muito simples. Sou totalmente apaixonada por este livro, acredito que seja o melhor livro do Jostein Gaarder e o melhor que já li. Pense bem, já li mais de 2700 livros nesta minha curta vida, bom tenho um leque grande de opções, mesmo assim, coloco este livro entre os melhores, significa que ele deve ter vários atrativos indispensáveis. 

Depois de ler dezenas de vezes, agora estou aqui me debatendo, para não revelar nada que possa tirar a graça das surpresas que vão ser apresentadas durante a leitura. Aff... É difícil não contar tudo nos mínimos detalhes, mas tenho que me segurar. Ufa!!!

A história nos apresenta tantas coisas, tantas questões, conflitos familiares e porque não dizer conflitos existências da humanidade. Tudo extremamente atual é muito humano. Também vai nos abrir os olhos para uma filosofia clássica, mas com diferentes ângulos, uma nova visão de algo existente a milhares de anos.

Espero não ter revelado muito. Só desejo quem esteja lendo essas palavras, tenha a oportunidade de ler este maravilhoso e perfeito livro; e possa tirar suas próprias conclusões.

AMO!!!

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

"Você já pensou que num baralho existem muitas cartas de copas e de ouros, outras tantas de espadas e de paus, mas que existem apenas um curinga?", pergunta à sua mãe certa vez a jovem protagonista de O Mundo de Sofia.

Esse é o ponto de partida do novo livro de Jostein Gaarder, a história de um garoto chamado Hans-Thomas e seu pai, que cruzam a Europa, da Noruega à Grécia, à procura da mulher que os deixou oito anos antes. No meio da viagem, um livro misterioso inicia uma narrativa paralela, onde mitos gregos, maldições de família, náufragos e cartas de baralho que ganham vida transformam a viagem de Hans-Thomas em uma verdadeira iniciação à busca do conhecimento, ou à filosofia.

O dia do Curinga é a história de muitas viagens fantásticas que se entrelaçam numa viagem única, e ainda mais fantástica, e que só pode ser feita por um grande aventureiro: o leitor.



Sinopse:

De uma antiga cidade portuária ao sul da Noruega à pátria dos filósofos antigos, - a Grécia -, passando pelos Alpes suíços: este é roteiro da pequena epopéia que o garoto Hans-Thomas realiza com seu pai, em busca da mulher que os abandonou oito anos antes para encontrar a si mesma. Numa distante praia do mar Egeu, Anita, top model em Atenas, não desconfia dos planos do filho e do ex-marido, um filósofo amador, inclinado à bebida é dono de uma coleção de curingas de baralho.

No meio da viagem, em um vilarejo nos Alpes, um livrinho com letras microscópicas é uma providencial lupa, que permite a Hans-Thomas ler seu conteúdo, introduzem uma nova história dentro da história. A bebida púrpura e a ilha mágica - aventura com direito a náufragos e uma ilha paradisíaca habitada por seres fabulosos. O que Hans-Thomas não desconfia é como essa história está relacionada, e de uma forma surprendente, á sua própria.

Nesse emaranhado de aventuras, que ora lembram os mundos fantásticos de Gulliver ora o País das Maravilhas de Alice com suas charadas matemáticas, Jostein Gaarder vai construindo a instigante trama de O dia do Curinga. E seguindo à risca a opinião de um de seus personagens, que afirma ser a vida um grande jogo de paciência, ele constrói seu livro com as cartas de um baralho, e cada capítulo corresponde a um número e um naipe. Esse fabuloso castelo de cartas, cujo rei é o curinga, é também a iniciação de Hans-Thomas ao pensamento filosófico. O autor de O dia do Curinga conta que, ao terminar o livro, viu seu próprio personagem, o garoto Hans-Thomas, recém-chegado de sua incrível aventura, procurar em vão nas livrarias da cidade uma história da filosofia adequada à alguém da sua idade. Desapontado com a procura frustrada do garoto. Jostein Gaarder voltou então para casa disposto a preencher essa lacuna. Nascia assim O mundo de Sofia, um sucesso editorial já traduzido para 42 línguas.
quarta-feira, 26 de novembro de 2014
Título original: Once In Paris 
Título: Uma Vez em Paris
Autor: Diana Palmer
Tradução: Gracinda Vasconcelos
Série: Hutton & Co. 01 
Editora: Harlequin
Ano: 2011 
Comprar: Infelizmente só nos sebos. 


Resenha:

Como criei muita expectativa sobre este livro, pois antes de ler, já tinha ouvido muitas opiniões controversas sobre ele. Então, parto do princípio que ninguém é enganado neste romance, pois os protagonistas sabem os problemas e as virtudes que cada um tem. 

Pierce é sedutor, charmoso e totalmente másculo, é muito difícil não se apaixonar por ele.

Brianne é inexperiente, curiosa e ousada, é uma combinação explosiva, que a transforma numa pessoa encantadora, acho complicado, pra ele, não desejá-la.

Bri sabe que Pierce é profundamente apaixonado pela falecida esposa, e que o relacionamento deles era extremamente profundo.

Pierce por sua vez, sabe que Bri está sofrendo com o padrasto que quer casá-la com um homem que ela não ama. Sabe ainda que ela é tão inexperiente como é curiosa e ousada.

E tem outra coisa, que homem resiste a uma mulher que quer de todas as maneiras perder a virgindade, que a princípio toma uma atitude ousada de começar a tirar a roupa, mas que por falta de experiência fica intimidada logo em seguida, deixando assim ele tomar conta da ação, os homens amam esse tipo de situação inocência com ousadia.

Então, Bri não pode reclamar que o casamento dela não seja de verdade. Como Pierce não pode exigir fidelidade cega, por parte de Bri.

Só não pode achar que Bri é a vítima e que Pierce é bobalhão, os dois sabiam o que estavam fazendo, ninguém é inocente na história.

Agora, se eles vão se apaixonar um pelo outro, no decorrer do romance, ou coisa do gênero, ou de que forma isso acontece, nós não temos nada haver com isso, só podemos comemorar, certo?

Obs.: ...Philippe Sabon não fica atrás de Pierce, também é um sedutor por natureza, e agora entendo o encantamento de Sabon por Bri, e a compaixão dela deixou o deixou cego... agora acho compreensível ele ter demorado tanto tempo pra se entender com a Gretchen.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Uma Vez
em
Paris

Ela o viu pela primeira vez em Paris...

Alto, bonito... e totalmente perigoso. Atraída por Pierce Hutton de modo inexplicável, Brianne Martin o resgatou da mais profunda infelicidade. Para sempre ele seria grato, porém jamais seduziria uma mulher tão jovem quanto Brianne. 

E em Paris se apaixonou por ele...

Ainda que Pierce fosse um homem proibido, Brianne não poderia se imaginar nos braços de outro... como o sócio corrupto de seu padastro. Obcecado por ela desde que a conhecera, ele não mediria esforços para tê-la sob seu domínio, e um casamento por conveniência seria o golpe de mestre para unir as duas poderosas famílias. Tudo parecia perdido até Pierce salvar a vida de Brianne... do mesmo modo que ela o salvara...




Obs.: Se você quer saber mais sobre a autora Diana Palmer e seus livros entre no blog: 

http://su-romanticgirl.blogspot.com.br/  da "Suelen Mattos" a nossa especialista em Diana Palmer aqui no Brasil.
segunda-feira, 24 de novembro de 2014
Título original: Eat, Pray, Love: One Woman's Search For Everything Across Italy, India And Indonesia
Título: Comer, Rezar, Amar
Autor: Elizabeth Gilbert
Tradução: Fernanda Abreu
Editora: Objetiva
Ano: 2010
Comprar: Nos seguintes sites: Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Comer:

Amei, amei, amei...

Nunca ri tanto na vida. Com certeza a Liz e uma cidadã do mundo. Uma pessoa muito especial. Sua passagem pela Itália foi um sonho.

Fique com muito vontade de conhecer as cidades e o país da forma que a Liz fez, aprendendo a língua e explorando tudo por si mesmo ou na campanha deste italianos lindos, loucos e escandalosos.

Gente , como essa mulher comeu, ouve momentos que fiquei muito preocupada, não só com o problema de ingestão de alimento em excesso, mas como uma possível obesidade. Kkk...

Rezar:

Tenho verdadeiro horror a Índia, então, digamos que minhas observações em relação a esse período não são imparciais. Também devo admitir que pulei vários parágrafos nesta parte que se refere a este país.

Só para não dizer que não aconteceu nada de interessante neste tempo que Liz ficou na Índia. Adorei a intervenção extremamente positivado do Richard do Texas, seus conselhos, sua forma de ver o mundo.

E principalmente o apelido que ele colocou na Liz, que é totalmente hilário, mas que não vou repetí-lo, para não perder a graça na hora da leitura.

Amar:

Bali é um sonho. E as pessoas, nossa, que vontade de conversar com o xamã Ketut, as vezes ele me pareceu um charlatão, louco ou desmemoriado. E em outros momentos um homem muito sábio, com uma idade completamente indefinido.

Outra pessoa que tive vontade de conhecer parar rir muito foi Yudhi e conversar sobre sua história triste e ao mesmo tempo de suas paixões, me pareceu uma pessoa muito interessante.

Wayan e Tutti são umas fofas. E gostaria que a Wayan curasse todas as minhas dores e desamores.

E Felipe, meu Deus que homem. Apesar de ser brasileiro e gaúcho, sabe como ninguém tratar uma mulher, mima-la.

Maravilhoso... é o que posso dizer sobre este livro.

ADORO!!!

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

"Se você tem a coragem de deixar para trás tudo que lhe é familiar e confortável (pode ser qualquer coisa, desde a sua casa aos seus antigos ressentimentos) e embarcar numa jornada em busca da verdade (para dentro ou para fora), e se você tem mesmo a vontade de considerar tudo que acontece nessa jornada como uma pista, e se você aceitar cada um que encontre no caminho como professor, e se estiver preparada, acima de tudo, para encarar (e perdoar) algumas realidades bem difíceis sobre você mesma... então a verdade não lhe será negada."
Elizabeth Golbert



Sinopse:

Quando completou 30 anos, Elizabeth Gilbert tinha tudo que uma mulher americana moderna, bem-educada e ambiciosa deveria querer um marido, uma casa de campo, uma carreira de sucesso. Mas não se sentia feliz: acabou pedindo divórcio e caindo em depressão. "Comer, Rezar, Amar" é o relato da autora sobre o ano que passou viajando ao redor do mundo em busca de sua recuperação pessoal.
sábado, 22 de novembro de 2014
Título original: Taming A Highland Devil
Título: Domesticando o Diabo das Highlands 
Autor: Kimberly Killion
Tradução: GRH
Editora: Ellora's Cave 
Ano: 2000 
Comprar: Somente ebook em português ( Ficou interessado em ler, escreva um comentário contendo seu email.)


Resenha:

Devo admitir que tenho uma queda "gigantesca" pelos Highlands. Imagine um lindo e ainda bom de cama. Que além do mais é um querido, carinho e tudo. É obvio, me apaixonei completamente.

Será que tenho que partir para Escócia e encontrar um que use kilt? Oh, que loucura!!!

Vamos a estória: Magnus é líder de seu clã. E precisa urgentemente ter um herdeiro, então, resolve se casar com uma jovem do clã vizinho. Quando a família do vizinho chega para oficializar a união, Magnus, o lindo, descobre que o líder do clã tem duas irmãs, ele acredita que deve escolher entre as duas. 

Como um homem inteligente que é, ele acredita que como vai ter uma união para vida toda, deve conhecer profundamente a mulher com quem vai casar. Ele acima de tudo quer ter afinidade com a escolhida. O problema é que a irmã mais velha acredita não ter chance na disputa com a mais nova. E se recusa a cair na sedução descarada do nosso herói.

Mas, como ninguém é de ferro, nossa amiga não resistiu e sucumbiu. Só que o lindão não esperava se apaixonar perdidamente pela mocinha. Digamos que todo esse amor entre eles vai encontrar várias e enormes barreiras. É necessário ler pra descobrir como eles vão conseguir resolver todos os problemas.

RECOMENDADÍSSIMO!!!

ADORO!!!



Sinopse:

Laird Magnus Sutherland ama as mulheres. Suas proezas no quarto lhe deram o nome de Diabo Dunrobin, mas nenhuma mulher jamais conquistou seu coração. Magnus precisa fornecer ao seu clã um herdeiro, que é a única razão pela qual ele concorda em se casar com a irmã do laird do clã vizinho. Quando sua noiva chega, ele descobre que o laird tem duas irmãs. Se Magnus deve vincular-se a uma mulher, ele pretende descobrir qual é a melhor opção para ser sua esposa, pois quer mais do que um corpo para plantar sua semente. Ele quer uma companheira para a vida toda.

Em primeiro lugar, a viúva Effie Reay se recusa a disputar a afeição de Laird Sutherland... Por um lado, ela tem trinta e dois anos e, certamente perderia uma competição para sua irmã, jovem e bela. Em segundo lugar, Laird Sutherland é um conquistador de renome, e ela não quer se casar com outro homem deste tipo. E em terceiro lugar, a visão dele a faz tremer... Será que Effie será bem sucedida em frustrar os avanços de Magnus, ou será que seu corpo sucumbirá à tentação que só poderá conduzi-la ao sofrimento?
quinta-feira, 20 de novembro de 2014
Título original: Finale
Título: Finale 
Autor: Becca Fitzpatrick
Tradução: Viviane Diniz
Série: Hush, Hush 04 
Editora: Intrínseca 
Ano: 2013
Comprar: Nos seguintes sites: Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha 


Resenha:

Apesar de Nora me irritar com seu negativismo. Gostei demais do desfecho da série.

Patch como sempre competente e encantador.

Vee desta vez, me surpreendeu, juro que não esperava, fiquei em choque quando li. Mas depois, analisei com calma, e percebi que era a forma mais correta, principalmente para consolidar ainda mais a ligação fraternal entre Vee e Nora.

Scott realmente fez de um tudo neste último volume. Ele foi em muitos momentos mais decisivo, decidido, presente e fundamental, muito mais que Patch! Fazer o quê? E a vida...

ADORO!!!

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

SEMPRE QUE A DÚVIDA E A TRISTEZA invadiam minha mente, tudo o que eu precisava fazer era pensar nele. Não sabia se tinha feito a melhor escolha todas as vezes, mas de uma coisa eu não tinha dúvida: tinha acertado com relação a Patch. Não podia desistir dele. Nunca.



Sinopse:

Nora e Patch pensavam que seus problemas tinham ficado para trás. Hank estava morto, e seu desejo de vingança não precisava ser levado adiante. Na ausência do Mão Negra, porém, Nora foi forçada a se tornar líder do exército nefilim, e era seu dever terminar o que o pai começara — o que, essencialmente, significava destruir a raça dos anjos caídos. Destruir Patch. Nora nunca deixaria isso acontecer, então ela e Patch bolam um plano: os dois farão com que todo mundo acredite que não estão mais juntos, manipulando, dessa forma, seus respectivos grupos.
terça-feira, 18 de novembro de 2014
Título original: Robber Bride 
Título: Coração de Guerreira 
Autor: Deborah Simmons 
Tradução: Elaine Moreira
Série: O Clã dos De Burgh 03 
Editora: Harlequin
Ano: 2011 
Comprar: Infelizmente só nos sebos.

Resenha:

Sem dúvida alguma, Simon é o De Burgh mais irritante. Mas, como tudo tem dois lados, ele também é o mais hilário quando está apaixonado.

E o que dizer da "moderninha" Bethia, admirável, é uma guerreira, literalmente, pois viver numa época em que as mulheres são consideras meros bibelôs, que enfeitam a cama dos cavalheiros. Ela comandar um pequeno exercito de arqueiros é uma verdadeira façanha.

Então, imagine esses dois cabeças duras juntos. É claro, sai faísca, além de cenas quentes e hilárias.

O mais interessante é quando os personagens se dão conta, que não tem mais nada a perder. E se libertam das convenções. E fazem o que realmente desejam. Tudo fica muito natural e certo. Mas, aí vem à culpa. Ainda bem, que nos romances sempre tem finais felizes.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Coração de Guerreira
Deborah Simmons

Donzela, guerreira e amante!

Guerreira brava e corajosa, Bethia superava todos os cavaleiros a serviço de Simon de Burgh. O mundo deveria ser do modo que ela queria, e o mesmo valia para Simon desde que ela havia capturado seu coração em uma batalha. Apesar de toda a sua fúria e arrogância masculiana, ele estava sob o domínio de Bethia. Afinal, encontrara um adversária à altura! 

domingo, 16 de novembro de 2014
Título original: A Walk To Remember 
Título: Um Amor Para Recordar 
Autor: Nicholas Sparks 
Tradução: Ivar Panazzolo Júnior 
Editora: Novo conceito 
Ano: 2011
Comprar: Nos seguintes sites: Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha 


Resenha:

É muito difícil colocar em palavras todo o impacto que essa história nos provoca, uma mistura de amor e depressão, de rir e chorar, tudo ao mesmo tempo agora.

É impossível ficar indiferente à alegria, a tristeza, ao amor, a perda, a fé e principalmente ao romantismo que este livro, de uma maneira muito simples, nos fascina.

É necessário ler está obra para compreender todos os nuances e entender completamente a história de amor entre Landon e Jamie. Mas esteja avisado, com certeza, você vai rir e depois chorar...

ADORO!!!

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

"Há momentos em que desejo fazer o tempo voltar e apagar toda a tristeza, mas eu tenho a sensação de que, se o fizesse, também apagaria a alegria. Assim, revivo as memórias da forma como vêm, aceitando todas elas, deixando que me guiem sempre que possível. Isso acontece com mais frequência do que as pessoas percebem...

Quando eu tinha 17 anos, minha vida mudou para sempre... Estou com 57, mas ainda me lembro de tudo o que aconteceu naquele período, em seus mínimos detalhes. Sempre o revivo em minha mente, trazendo-o de volta à vida, e sinto uma estranha combinação de tristeza e alegria quando o faço.

Esta é a minha história - e prometo contar tudo.

No início você vai sorrir e, depois, chorar - não diga que não avisei."
-Landon Carter 


"Às vezes, você se depara com um livro extraordinário que, à primeira vista, se parece com muitos outros, facilmente passando despercebido. Mas, ao ler o romance, fica maravilhado com o tesouro contido nele. UM AMOR PARA RECORDAR de Nicholas Sparks é um desses livros. Não deixa de ser interessante, emocionante e até mesmo fascinante. Uma obra da qual você não se esquecerá tão cedo."
-Sunday New York Post


"Uma história de amor para o novo milênio... consegue agarrar seu coração e acariciá-lo. Provavelmente o livro mais romântico de Sparks."
-Boca Raton Daily Sun (FL)



Sinopse:

"Nosso amor é como o
vento, não posso vê-lo
mas posso senti-lo."

Landon, filho de uma família tradicional, tentava aproveitar ao máximo a liberdade que a pequena cidade de Beaufort, na Carolina do Norte, proporcionava-lhe, antes de entrar na universidade.

Jamie, filha do pastor da cidade, estava longe de ser uma típica adolescente. Sempre carregava uma Bíblia consigo e era o tipo de garota que tirava as ervas daninhas do gramado de alguém sem que lhe pedissem, ou parava o trânsito para ajudar crianças pequenas a atravessar a rua.

Eram distantes as afinidades que poderiam aproximá-los, mas, após o baile de formatura, o amor aconteceu e as diferenças de Jamie e Landon acabaram por uni-los na descoberta da alegria, da dor da perda e, sobretudo, da força transformadora do verdadeiro amor. E não foi por acaso que ambos viveram a história mais comovente de todos os tempos...
sexta-feira, 14 de novembro de 2014
Título original: Ride The Thunder
Título: Amor Proibido
Autor: Janet Dailey
Tradução: Isabel Paquet de Araripe
Editora: Nova Cultural
Ano: 1986
Comprar: Infelizmente só nos sebos.


Resenha:

Este foi o segundo livro que li da Janet Dailey. Como li primeiro "A Carícia do Vento" e sabia o quanto ele era um livro intenso. Já esperava que "Amor Proibido" fosse tão intenso quanto. Mas, não imaginava que livro fosse tão rico em reviravoltas.

As situações foram acontecendo e mudando de rumo com uma velocidade assustadora. Até o momento que você acredita ter identificado o vilão, mas aí, ainda não tem o que motivou tal situação. Então, você fica na dúvida, porque o mocinho tem motivos e poderia ser o vilão.

Na realidade, não há mocinho e bandido na história, na verdade os personagens são bem realistas, sem aquela fantasia dos romances, onde os personagens principais são ou muito maus ou muito bons. Aqui eles demonstram suas qualidades e principalmente seus defeitos.

Para fechar, é uma história que tem crime, traição, ardor, desejo, erotismo e também violência. Todos os ingredientes para um romance espetacular!!!


RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:


CRIME
E TRAIÇÃO;
E DESEJO
INABALÁVEIS.


Amor 
Proibido

Fletcher Smith vive afastado de sua mulher Olivia e de seu filho Kit, homossexual. Apenas a bela Jordanna compartilha sua vida afetiva e seu maior interesse: a caça. Fixada no pai, Jordanna não se relaciona com outros homens. Mas o dilaceramento familiar não impede que Jordanna desperte para o amor. Numa festa em casa de Fletcher, Brig McCord e Jordanna encontram-se, apaixonam-se de modo fulminante e têm um caso. Brig, no entanto, julga que Fletcher e Jordanna são amantes...

UM ROMANCE ESPETACULAR
IMPREGNADO DE EROTISMO
E PONTUADO
POR EPSÓDIOS VIOLENTOS.
quarta-feira, 12 de novembro de 2014
Título original: Wyoming Tough 
Título: Corações Laçados
Autor: Diana Palmer
Tradução: Vera Vasconcellos
Série: Homens de Wyoming 01
Editora: Harlequin
Ano: 2013
Comprar: É possível compra no site da Harlequin: www.harlequinbooks.com.br ou em uma boa banca de jornais.


Resenhas:

Os mocinhos da Diana Palmer precisam compreender que as mulheres não vêm à beleza da mesma forma que os homens. Um homem precisa ter milhões de outras qualidades antes da beleza ser colocada em jogo.

Mallory Kirk precisa entender que ele pode não ter um rosto bonito, mas tem um corpo de parar o transito. Além de ser um excelente patrão, um ótimo irmão e um homem com muitos sentimentos. Também há outra coisa que o rancheiro precisa apreender, é expor todos esses sentimentos que estão trancados dentro de si. Nossa!!! Esse caubói parece um menino de 5 anos. Senhor da Glória!!!

Ele é aquele tipinho que quando se apaixonada, trata o ser amado da pior forma possível, até aparece que tem ódio. Em dado momento fica obvio que ele precisa de qualquer desculpa esfarrapada, para poder se livrar de Morie. Como se estar longe do objeto do seu desejo, fizesse todos os sentimentos que ele tem por ela desaparecessem. Que homem mais tolo!!!

Depois que Mallory consegue seu objetivo, expulsando Morie de seu rancho. Em vez de ficar feliz e saltitante. Não fica como um velho caquético resmungando pelos cantos, dizendo que tem uma sensação de vazio no peito, como se sua vida já não tivesse o menor sentido sem ela. Meu Deus!!! Que nervo!!! Que homem mais bobalhão!!!!!

Ainda bem que Morie é valente e apaixonada, que corre atrás do que realmente quer. Caso contrário o nosso rancheiro iria ficar eternamente vagando, como uma alma pena à resmungar pela casa. É que apesar de apaixonada a mocinha não é boba, vai fazer o caubói sofrer e até ser humilhado um pouquinho, pois ele merece. Mas isso de forma alguma vai abalar o amor que um sente pelo outro.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Corações Laçados


Autora best seller do New York Times e USA TODAY, DIANA PALMER está de volta com um romance emocionante...

Como um perfeito caubói, o rancheiro Mallory Kirk sabe muito bem o que é trabalho árduo. Mas sua nova vaqueira vai conseguir suportar a pressão? Ele tem dúvidas sobre a capacidade física dela, ainda que a delicada jovem demonstre muita disposição. Conforme surgem problemas no presente, vêm à tona manchas do passado, e as esperanças de um futuro melhor se tornam distantes. Mas o desejo, cada vez mais forte, faz com que Mallory note um brilho diferente em Morie. Será que um caubói durão como ele estaria preparado para o amor?      

“Ninguém é páreo para Diana Palmer quando se trata de apresentar um romance puro e genuíno. Eu amo suas histórias.”                   
- Autora best seller do New York Times, Jayne Ann Krentz                    




Obs.: Se você quer saber mais sobre a autora Diana Palmer e seus livros entre no blog: 

http://su-romanticgirl.blogspot.com.br/  da "Suelen Mattos" a nossa especialista em Diana Palmer aqui no Brasil.
segunda-feira, 10 de novembro de 2014
Título original: White Out
Título: Nevasca 
Autor: Linda Howard 
Tradução: Projeto Romances 
Editora: Pocket Books 
Ano: 2002
Comprar: Somente ebook em português ( Ficou interessado em ler, escreva um comentário contendo seu email.) 


Resenha:

Sou hiper-mega-blaster-suspeita, pra falar alguma coisa sobre este texto da Linda Howard, já li Nevasca, pelo menos umas 500 vezes, amo de paixão essa história.

É tão básico e primitivo... é como se o primeiro homem e mulher do planeta se descobrissem, da mesma forma que a Hope e o Prince. Numa tentativa mais básica de salvar alguém.

Desde que o mundo é mundo não há maneira melhor maneira de se salvar alguém com o calor do corpo. E o que se segue a esse "salvamento" é tão natural, em momento algum fiquei chocada com a entrega dos dois. 

É uma forma de celebrar a vida, não há nada mais natural do que fazer amor, para celebrar o "renascimento" e além disso ser abençoado com outra oportunidade de viver.

Putz!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Não tenho mais argumentos.... quem tiver a oportunidade der ler, não perca tempo, vale à pena.

MARAVILHOSO!!!!

FANTÁSTICO!!!!

EXCELENTE!!!!

RECOMODADÍSSIMO!!



Contra Capa:

Strangers In The Night da Linda Howard, é uma coleção de três histórias ("O Lago dos Sonhos", "Blue Moon" e "Nevasca") que falam de paixão, de romance e de momentos muito sensuais. São três estórias emocionantes que não têm apenas o suficiente do amor, da química, e de desejo, para manter o interesse do leitor. Independentemente de serem estórias curtas e com um enredo dinâmico. São extremamente cativantes e viciantes.


Nevasca


Em meio a uma nevasca em Idaho, Hope Bradshaw oferece abrigo a um estranho e uma paixão instantânea surge entre eles. Quando um boletim de rádio adverte de um perigoso fugitivo, seu sangue esfria: tem um desejo cego por ele, mas tem medo de ariscar e confiar em um homem que é um especialista em cobrir seus rastros?



Sinopse:

Presa sozinha no meio de uma tempestade de neve, a jovem viúva Hope Bradshaw, está preparada para qualquer eventualidade, ou assim ela pensa. Até que um homem estranho bate à sua porta, Price Tanner estava quase morto quando deparou com a cabana, mas sob os cuidados de Hope, tanto seu corpo quanto seu coração são aquecidos. Uma paixão avassaladora os acometem. No entanto, Price realmente é quem diz ser? E o que ele tem haver com o acidente do ônibus prisional na rodovia e a fuga de três presos?

Emocionante, perigoso, erótico e dinâmico, está estória combina a vulnerabilidade emociona de uma jovem isolada viúva, com uma histórica romântica e cheia de suspensa. Hope é um personagem revigorante, pois ela é inteligente o suficiente para viver e amar. Embora pareça que ela cegamente pula de cabeça em um romance com um desconhecido, sua capacidade de manter o raciocínio no lugar é honesto e atraente. Em troca Price, é um macho Alfa, um perfeito herói, duro, agressivo, protetor, apaixonado, com uma pitada de sensibilidade. A relação dos dois sai faísca, e eles acabam lidando muito bem com a tempestade, com esse novo relacionamento e com os perigos.   
sábado, 8 de novembro de 2014
Título original:  Dance To The Piper 
Título:  Maddy 
Autor:  Nora Roberts
Tradução:  Paulo Polzonoff Jr.
Série:  Os O’Hurley 02
Editora:  Harlequin
Ano:  2014
Comprar: É possível compra no site da Harlequin: www.harlequinbooks.com.br ou em uma boa banca de jornais.

Resenha:

Não há dúvidas que Maddy é a mais maluquinha das trigêmeas. Identifiquei-me muito com ela. É uma pessoa positiva, sem medo de arriscar e encarar o desconhecido.   

Quando se apaixona é uma figuraça. Pena que Reed deu muito trabalho, se ele fosse menos desconfiado, tudo teria sido mais fácil e rápido.

O problema é que Reed é totalmente traumatizado em relação às mulheres e de certa forma tem medo de suas próprias reações. Pois, desconhece suas origens.

Os personagens secundários são incríveis: como o pai de Reed, Edwin, homem simplesmente maravilhoso, generoso e principalmente um verdadeiro pai. E Wanda também é marcante.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

NORA ROBERTS
apresenta os O'Hurley, uma família de
talento brilhante e paixão abrasadora.


Maddy O'Hurley brilhava nos palcos a cada coreografia. Sua paixão pela dança contagiava qualquer um, incluindo o rico empresário Reed Valentine. Mas ele não era do tipo de homem que se deixava levar pelo calor da emoção. E ele não permitiria que seu rígido controle dos negócios fosse afetado pela intensidade de Maddy. Mas será que estaria preparado para apagar o fogo de uma imensa atração?
quinta-feira, 6 de novembro de 2014
Título original: Apache Summer 
Título: Filha do Sol 
Autor: Heather Graham Pozzessere 
Tradução: Vânia Fernandes do Canto
Série: Irmãos Slater 03 
Editora: Nova Cultura 
Ano: 1990 
Comprar: Infelizmente só no sebo. 


Resenha:

Esses irmãos Slater são completamente masoquistas, pois se interessam por mulheres totalmente sem noção do perigo, são femininas, mas completamente maluquete!

Tess Stuart é uma figura, que tem a maior sorte do mundo, passa por diversas situações horrorosas, sempre se metendo nas maiores confusões que se possa imaginar e mesmo assim consegue sair ilesa e para piorar não tem desconfiômetro, não sabe à hora de fechar a boca.

E apesar de ser uma fazendeira, jornalista e de estar completamente apaixonada pelo tenente da Cavalaria Americana, Jamie Slater, é completamente inocente em relação aos meandros do amor, de um relacionamento a dois. E sua falta de conhecimento a deixa insegura em relação ao seu amado Jamie.

Jamie é um gato, daqueles ariscos, que no menor movimento desaparece sem deixar rastro, mas quando Tess o pega de jeito, ele se transforma no gato mais dengoso... kkk... 

Sério, o mocinho é um homem duro que viveu os horrores da Guerra Civil Americana, que perdeu a capacidade de sonha com o futuro e com o amor. Sua vida agora se resume ao exercito e a justiça. Mesmo que as mulheres se atirem aos seus pés, ele não quer ter um relacionamento serio. Até que a maluquete Tess apareceu em seu caminho e virou a sua vida de cabeça para baixo.

Agora o nosso tenente está com um problemão tentar salvar a fazenda de Tess, de um magnata que está tentando possuí-la a qualquer preço e salvar sua amada que foi sequestrada e dada como noiva virgem para um chefe indígena. É nosso herói não tem descanso.
      
RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Seu nome agora é Filha do Sol. Precisa esquecer o passado e também o futuro com Jamie, planejado numa tarde quente de paixão. Prisioneira dos índios, Tess Stuart será obrigada a casar-se com o chefe de uma tribo Apache. Ele se encanta com a beleza de Tess e aceita o desafio de domar um espírito rebelde. Mas a esposa de um líder precisa ser pura. Sua fúria não conhecerá limites se descobrir que ela pertenceu a outro homem…. um branco como todos os que dizimaram sua família. Um tenente da Cavalaria Americana que moverá céus e terra para ter de volta a mulher amada!

Obs.: Esta contra capa muito estranha destorce um pouquinho alguns momentos críticos do enredo.

terça-feira, 4 de novembro de 2014
Título original: Fifty Shades Darker
Título: Cinquenta Tons Mais Escuro 
Autor: E.L. James 
Tradução: Juliana Romeiro de Carvalho Stanton
Série: Cinquenta Tons 02 
Editora: Intrínseca 
Ano: 2012
Comprar: Nos seguintes sites: Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha 


Resenha:

Só resolvi fazer a resenha deste livro depois que o li pela segunda vez. Na primeira vez, acreditei erroneamente que o livro só servia como elo de ligação entre o primeiro e o terceiro volume desta trilogia. 

Mas após uma segunda leitura percebi o meu erro, na verdade o livro nos mostra uma Anastasia muito mais segura de si e um Christian muito mais vulnerável do que o próprio imagina, ou melhor, ele não percebe o quanto é sensível, pois acha que não tem coração, acredita que seus traumas de infância o impede de sentir, de ter sentimentos profundos.

É incrível como Christian e Anastasia individualmente não conseguem enxergar os seus verdadeiros "eu". Mas conseguem enxergar o outro como este o é. E temem perder, como se não fossem dignos de serem amados. Muito louco.

Para resumir, este volume deixa claro os sentimentos profundos que um tem pelo outro e o que realmente o casal é individualmente. E com tudo isso, é difícil não ter uma profunda admiração por Anastásia e é impossível não se apaixonar por Christian mais uma vez.

ADORO!!! 

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Romântica, libertadora e
totalmente viciante, uma história
que vai dominar você.


Assustada com o lado obscuro do belo e atormentado Christian Grey, Anastasia Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e decide se concentrar em sua carreira: ela acaba de conseguir um emprego em uma editora de livros de Seatle.

Mas o desejo que sente por Christian ainda domina seus pensamentos e, quando ele propõe reatarem o namoro, ela não consegue resistir. Por amor a Ana, Christian está dispostoa enfrentar seus demônios interiores. Em pouco tempo, porém, ela descobre segredos do passado de seu amargurado e dominador parceiro que jamais imaginou serem possíveis, e se vê obrigada a tomar uma importante decisão. 



Sinopse:

Ao perceber sua atração pelo jovem, enigmático e multimilionário Christian Grey, a inexperiente Anastasia Steele se dispõe a superar seus limites e preconceitos e embarcar em uma sensual história de amor. No entanto, as peculiares práticas eróticas de Christian se mostram pesadas demais para Ana, e ela decide terminar o relacionamento.

Ficar afastada dele, no entanto, é mais doloroso do que Ana esperava, e, quando ele a procura novamente, ela não é capaz de resistir. Os dois retomam então o tórrido romance, ao mesmo tempo em que se esforçam, cada um a seu modo, para encontrar um equilíbrio que satisfaça a ambos.

Enquanto Christian tenta lidar com seu passado perturbador, Ana, por sua vez, tem que enfrentar algo mais palpável: a ira e a inveja das mulheres que a precederam no coração ou na cama de Grey.  

sábado, 1 de novembro de 2014
Título original: Texas Heart
Título: Jessie 
Autor: Ruth Langan 
Tradução: Mónica Corullón
Série: Texas 01 
Editora: Nova Cultural 
Ano: 1991 
Comprar: Infelizmente só nos sebos. 


Resenha:

Aos dezessete anos Jessie tem mais força de vontade que muito marmanjo que conheço. Sua determinação chega à beira da loucura e sua coragem é tamanha que deixaria muito herói com vergonha.

Ela deixa a fazenda da família e seus irmãos menos para trás, e vai atravessar o Texas atrás do paradeiro do pai, que saiu numa caravana de gado há meses e ainda não voltou.

Na estrada ela encontra o pistoleiro/xerife Cole Mathews, um homem que está atrás de vingança. Assim começa a aventura desses dois viajantes, aventuras essa de uma vida inteira. Pois, o Texas é uma região traiçoeira e inóspita.

É uma belíssima estória de amor, esperança e entrega. E é só lendo pra descobrir se Jessie encontra o pai, se Cole consegue se vingar e se os amantes vão ficar juntos. Aff... Loucura!!!!

ADORO!!!

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

BELA E OBSTINADA, ELA AMEAÇA A CARREIRA DE UM IMPLACÁVEL XERIFE

"Vocês querem ou não libertar o seu chefe?", perguntou Jessie, procurando conquistar simpatia e adesão a seu plano. Era uma cena incomum: rústicos homens do Oeste agrupados ao redor de uma mulher que idealizara um ousado assalto à cadeia.

Aquela loira baixinha e obstinada tinha noção de que a prisão ou a forca a aguardariam caso fossem pegos em flagrante? Sabia e não arredaria o pé dali enquanto as paredes da cadeia de Abilene não estivessem no chão.

O xerife Cole Mathews era o único homem capaz de impedi-la de cometer tal loucura. Ele a amava... mas Jessie sempre escapava de seu controle. E desta vez a doce e perigosa Jessie lhe criava um impasse fatal! 



Obs.: não sei se dou risada ou choro com este texto da contra capa, da uma visão completamente diferente de Jessie, ela não é perigosa, e além disso ela não ameaça a carreira de ninguém, pelo amor de Deus!!!  

Quem sou eu

Minha foto

Sou Jornalista, artesã, corredora(pelo menos tô começando), leitora fanática..., mas tem a cara de pau de achar que ainda pode dar conta de um blog, acredita?

Facebook

Visualizações

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Seguidores

Pesquise no blog

Meus livros no Skoob

Instagram

Popular Posts

Goodreads

Adriana's books

This Calder Sky
5 of 5 stars
Os Donos da Terra Janet Dailey Isabel Paquet de Araripe A Saga da Família Calder 01 Record 1983 Já devo ter mencionado, em outra resenha de algum livro da Janet Dailey, mas é necessário reforçar. Os personagens que está autora cria são ...
The Unexpected Millionaire
5 of 5 stars
Inesperado Susan Mallery The Million Dollar Catch 02 Harlequin 2014 Meu Deus!!! Como não se apaixonar por Willow? Impossível, é uma personagem cativante, hilária, espertinha, carinhosa e solidária. Não é atoa que Kane se apaixona d...
Das Kartengeheimnis
5 of 5 stars
O Dia do Curinga Jostein Gaarder Cia. Das Letras Ano: 1999 Já vou avisando, qualquer exagero, disparate, heresia ou algo que valha; escrito por mim nesta resenha, não pode ser classificado com absurdo, ok? Porquê? Muito simples. Sou ...
1808
5 of 5 stars
1808 Laurentino Gomes Planeta 2009 Apesar de estar ligado à história, Laurentino Gomes não é historiador ou biografo. Ele é jornalista. Por isso, talvez, posso dizer que este livro tem uma linguagem e uma compreensão dinâmica. Com mu...
Dance to the Piper
5 of 5 stars
Maddy Nora Roberts Os OHurley 02 Harlequin 2014 Não há dúvidas que Maddy é a mais maluquinha das trigêmeas. Identifiquei-me com muito com ela. É uma pessoa positiva, sem medo de arriscar e encarar o desconhecido. Quando se apaixona...

goodreads.com

Translate

Follow by Email