domingo, 28 de fevereiro de 2016
Título original: As Pupilas do Senhor Reitor
Autor: Júlio Dinis
Editora: Ediouro
Ano: 1997
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Escrito em 1866 no formato de folhetim, fez muito sucesso na época por ser publicado em capítulo no “Jornal do Porto”. Segundo alguns críticos, o texto foi dirigido à classes populares, baseado em costumes rurais, por isso de todo o sucesso que fez.

Na realidade acredito que o sucesso se dá pelo romantismo exacerbado, nas idas e vindas, nos conflitos entre o campo e a cidade, e no amor de infância que perdura até a vida adulta.

Em nome desse amor há o sacrifício e a abnegação da personagem, que no final vai valer a felicidade de todos. Amar por amar sem muitos grandes desejos, uma Inocência que corresponde ao período.

Além de corresponder ao período que foi descrito é um bom exemplo de como as pessoas pensavam e reagiam naquele época. Vale a pena!!!

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Júlio Dinis

Júlio Dinis foi o pseudônimo literário que o português Joaquim Guilherme Gomes Coelho (1839-71) escolheu para não comprometer sua carreira de médico, numa época em que a literatura graças ao Romantismo, era sinônimo de boêmia e vida desregrada. Mas o sucesso de seus livros foi tão grande que ele acabou abandonando a medicina em favor das letras. Ao aspecto noturno, violento e passional de seus contemporâneos românticos, os livros de Dinis contrapunham um Romantismo mais ingênuo, bucólico e otimista, que acreditava na bondade natural do homem. 

“As Pupilas do Senhor Reitor”, seu romance mais célebre, foi publicado em capítulos, em 1866, no “Jornal do Porto”. Conta as ventura e desventuras amorosas de duas irmãs órfãs, Clara e Guida, cujo tutor é o “reitor” Antônio, o pároco local. O alvo de afeto das moças são os jovens Pedro e Daniel, filhos de um rico lavrador. A ação se desenrola numa pequena aldeia portuguesa povoada de personagens simpáticos e divertidos. Escrito em estilo límpido e agradável, o livro tem a estrutura característica do romance de folhetim, em que cada capítulo se encerra num ponto decisivo da narração. Serviu, assim, como um modelo do gênero, que teve como herdeiros no século 20 a radionovela e telenovela.        
sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016
Título original: Reynold De Burgh: The Dark Knight
Título:  Reynold De Burgh: O Cavaleiro Negro
Autor: Deborah Simmons
Tradução: Gracinda Vasconcelos
Série: O Clã dos De Burgh 07
Editora: Harlequin
Ano: 2010
Comprar: É possível compra no site www.amazon.com.br


Resenha:

O guerreiro e sua insegurança. 

Acho que o título, O Cavaleiro Negro, já diz tudo, Reynold é o irmão: misterioso, quieto, carrancudo, desconfiado. O que é muito estranho, porque, apesar dele ter consciente de suas habilidades como “guerreiro” é totalmente inseguro em relação aos sentimentos que desperta nas pessoas.

É incrível como ele não se enxerga como homem, não percebe sua própria beleza. A única coisa que ele vê é o defeito na perna, como se ele nada mais fosse que um coxo. 

A princípio fiquei muito irritada, mas na realidade, criei uma expectativa equivocada em relação a este livro, talvez por ter lido as histórias dos outros irmãos várias vezes. 

Achei que este seguiria a mesma linha dos outros livros. Mas, naquele momento não observei o fato que Reynold sempre foi e sempre será, o mais diferente da família De Burgh. Depois que compreendi este pequeno detalhe a leitura fluiu. E não é que acabei gostando do que li. 

Gostei muito da Sabina, Peregrine e dos irmãos De Burgh, que pela primeira vez chegaram atrasados depois de tudo resolvido. 

O certo a fazer é ler este livro sem pensar nos outros. E ter em mente que todas essas reações estremadas de Reynold se devem aos traumas e as desilusões que ele teve por conta do defeito na perna.

Vale apena ler !!!!!

RECOMENDADÍSSIMO!!!!



Contra Capa:

Reynold De Burgh 
O Cavaleiro Negro 

Um cavaleiro de má fama e uma donzela rebelde. 

O título de “ovelha negra” da família De Burgh é perfeito para Reynold. Vagando ferido e sem rumo, sua amarga peregrinação é interrompida ao encontrar uma dama exigente que o obriga a honrar sua promessa de cavaleiro: servi-la e protegê-la! Sabina Sexton sabe que seu relutante salvador não leva muito a sério seus votos. Porém, situações perigosas o obrigam a retomar seus valores. Agora, mesmo desconfiada, Sabina terá de colocar sua vida e seu coração nas mãos de um homem tão soturno quanto atraente…

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016
Título original: Lady Chatterley’s Lover
Título: O Amante de Lady Chatterley
Autor: D.H. Lawrence
Tradução: Glória Regina Loreto Sampaio
Editora: Abril
Ano: 2004
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Não há dúvida que foi o livro mais ousado editado no fim da década de 20. Uma grande patada aos bons costumes da hipócrita sociedade inglesa. O autor expõem de forma clara e precisa assuntos como sexo, casamento infeliz, misturas de classes através do desejo e da atração física e faz um paralelo interessante sobre a vida rural e na cidade.

A Lady do título vive um casamento sem graça, sem paixão, sem sexo, sem afinidades, com um aristocrata e ex-comandante de guerra ferido que ficou paraplégico. Um homem egoísta e hipócrita.

Ao se envolver com um serviçal, a Lady em questão, desperta para vida. Seu corpo a muito adormecido, acorda e tem desejos, sente necessidades físicas, emocionais e claro luxuria. E todo esse “calor” faz com que a moça se sinta viva, inteira, bonita, amada e com esperança de uma vida mais significativa.

A ousadia foi tanta para época, que as cenas de sexo eram tão explicitas e descritas de forma tão precisa, que foram censuras na Inglaterra e Estados Unidos durante décadas. O texto integral só foi lançado na década de 60, quase quarenta anos depois.

É obvio que a questão não foi só o sexo, mas principalmente os assuntos que fervilhavam na época, como a modernização geral, os objetos e a alma humana, Era muita informação e os críticos e as autoridades ficaram assustadas e por isso mutilaram essa obra durante década. 

Não se pode esquecer de mencionar a boa descrição de sentimentos e do psicológico de cada personagem, assim sendo o leitor pode compreender com mais clareza as reações dos mesmos. D.H. Lawrence soube se fazer entender, não só pela ousadia, mas principalmente por desmascarar a certinha sociedade inglesa que sempre viveu de aparências.

RECOMENDADÍSSIMO!!!!  



Contra Capa:


Instigante, escandaloso, arrebatador. O mais célebre romance do escritor inglês D.H. Lawrende (1885-1930) narra a paixão intensa e proibida entre lady Constance Chatterley e o guarda-caça Oliver Mellors, na Inglaterra conservadora do início do século 20. Constance é casada com sir Clifford Chatterley, um aristocrata inválido e… impotente. Insatisfeita com seu casamento, a bela Constance torna-se amante do rude Mellors, que trabalha para seu marido. A narrativa crua e explícita do amor carnal entre a patroa e empregado chocou os críticos da época. Publicado em 1928, O Amante de Lady Chatterley foi proibido na Inglaterra e nos Estados Unidos, sob a acusação de pornografia. Foi redescoberto na década de 1960, quando seu valor literário foi enfim reconhecido e Lawrence se tornou um dos ícones da contracultura, ao lado dos beatniks, da liberdade sexual, das drogas e do rock’n’roll.
quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016
Título original: Master Of Pleasure
Título: Mestre do Prazer
Autor: Penny Jordan
Tradução: Marie Olivier
Série: Força do  Destino 01.1
Editora: Harlequin
Ano: 2013
Comprar: É possível compra nos sites: www.harlequinbooks.com.br e www.amazon.com.br ou em uma boa banca de jornais.


Resenha:

O que fazer com esse latinos europeus? Pelo amor de Deus! Não se salva um para remédio. Sério, nunca consegui encontrar um que valesse algum euro furado. Os piores são os italianos e os espanhóis, preconceituosos, machistas e cegos como um bom morcego. A principal característica dos ditos cujos é tirar conclusões extremamente precipitadas, não conseguem ver nada além do próprio umbigo.

O que me surpreende e me deixa de queixo no chão é a habilidade para os negócios que esses bobalhões tem, são verdadeiros gênios financeiros. Nesta área são inteligentes, criativos e modernos. Pode uma coisa destas? Em compensação na vida pessoal são um verdadeiro desastre completo. 

O idiota da vez é o italiano Gabriel (nome de anjo, mas é o verdadeiro demônio egoísta), quando jovem e milionário, encontrou Sasha uma adolescente perdidamente apaixonada por ele. Em vez de tratá-la com amor e carinho como toda mulher merecer. Não, o bastardo a tratou como se ela fosse uma prostituta.

Sasha desiludida pela falta de carinho do ser amado, o abandona. Mas acaba encontrando apoio no primo idoso do ex-amante, o primo Carlo. Um homem que lhe dá carinho e principalmente compreende o coração e a alma dessa jovem mulher.

Nove anos depois, Gabriel e Sasha  se reencontram, e o bobalhão de marca maior quer se vingar da mulher que o abandonou, pode? Ainda bem que a moça agora é esperta e vai dar o troco no idiota, apesar é claro, de ainda ser apaixonada por ele. Sasha vai dar um chá de cadeira no Gabriel, além de fazê-lo perceber o que ele perdeu durante todo esse tempo. Vai levar meses e meses para a mocinha ceder.

Agora sim!!!! Gabriel aprendeu a valorizar e amar, demorou mas pelo menos ele nunca mais vai cometer os mesmos erros, senão Sasha dá o troco.

RECOMENDADÍSSIMO!!!!



Contra Capa:

MESTRE DO PRAZER

A vingança do milionário italiano será na cama! 

Sasha abandonou Gabriel Calbrini para se casar com outro, e ele nunca a perdoou por isso. Agora, viúva, ela fica chocada ao descobrir que o belo milionário herdou os bens de seu falecido marido e foi nomeado tutor de seus filhos! Mas Sasha não entregará os pontos, pois há muito coisa em jogo, em especial um segredo que Gabriel nunca poderá saber.
domingo, 14 de fevereiro de 2016
Título original: Harry Potter And The Half-Blood Prince 
Título: Harry Potter e o Enigma do Príncipe
Autor: J.K. Rowling
Tradução: Lia Wyler
Série: Série Harry Potter 06
Editora: Rocco
Ano: 2005
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Emocionante… é o que se pode dizer acaba volume desta série… é um crescente de emoções sempre. Também consegui observar que J.K. foi melhorando e evoluindo a cada nova edição. Apesar de ser um mundo fantástico, onde a magia é o seu carro chefe, foi muito importante a autora humanizar cada vez mais seus personagens, deixando evidente suas falhas, como quem diz os heróis também erram, o perfeito é uma ilusão.

Neste “Enigma do Príncipe” a tensão não nos dá trégua nem um segundo se quer. Fica óbvio que Dumbledore tem preparado Harry para um futuro onde ele seu verdadeiro mestre, não poderá aconselhá-lo. Fica evidente que o diretor de Hogwarts, protegeu em excesso seu aluno mais querido, é óbvio que a intenção era a melhor possível, mas a verdade sempre foi a melhor solução, ainda mais porque Harry terá de uma forma outro enfrentar seu inimigo. Por isso acho que Dumbledore demorou muito iniciar a preparação de Harry.

Não podemos esquecer que este momento é de transição para bruxinho, pois ele já não é aquele garotinho inocente que chegou a Hogwarts sem saber nada sobre o mundo mágico. Hoje Harry é um adolescente com muito mais conhecimento que vários bruxos adultos que sempre viveram no mundo mágico. Além do mais, chegou o momento dele proteger a pessoa que ele mais ama e seus amigos queridos.

Não há escapatória, agora ele sabe, apenas Harry é capaz de colocar um final nas maldades do repugnante Voldemort. Mas não se pode esquecer de um pequeno detalhe, ainda está por vir, no sétimo livro, muitas surpresas para o nosso amado bruxinho e para todos os leitores que acompanham a série. Vamos aguardar com ansiedade.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Estamos em pleno verão, mas há uma estranha névoa que comprime as vidraças. Harry Potter espera, inquieto, em seu quarto na casa dos tios, a visita o professor Dumbledore. Numa das últimas vezes em que viu o diretor, ele travava um duelo corpo-a-corpo com Lord Voldemort. Harry não entende muito bem qual será o motivo para Dumbledore aportar assim, de repente, na casa de seus tios. Por que ele não pode esperar pelo retorno a Hogwarts, dali a algumas semanas? O sexto ano de Harry em Hogwarts começa de maneira peculiar, e os mundos dos trouxas e dos bruxos, não há dúvida, parecem se entrelaçar…

J.k. Rowling apresenta as aventuras de Harry Potter em seu sexto ano com a habilidade de sempre e um ritmo de tirar o fôlego.
quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016
Título original: Lawless
Título: Fora da Lei
Autor: Diana Palmer
Tradução: Reinaldo Guarany
Série: Homens do Texas 28
Editora: Harlequin
Ano: 2005
Comprar: Infelizmente só nos sebos.


Resenha:

Ufa!!!
Tá chegando a hora, agora só falta um livro para terminar de reler todos os livros lançados, até agora, da série Homens do Texas. Falta apenas Sem Coração que chegou hoje pelo correio.

Mas, voltemos ao Fora da Lei: foi através deste livro, que descobri a existência da série, e me apaixonei pelas histórias da Diana Palmer. Por isso o livro tem muita importância pra mim. Tenho todo um carinho por essa narrativa. Mas, não foi o primeiro livro da autora que li, ok?

Apesar de achar o Judd Dunn o homem mais diferente da Diana, não consigo desgostar do Texas Ranger. Há algo nele que me causa estranheza. Acredito que seja a frieza que me incomoda. Judd é milhões de vezes pior que o Rodrigo, mesmo assim, continuo gostando do patrulheiro. Vai explicar essa sandice? Não consigo.

Já Christabel - Crissy - é fantástica, inteligente e corajosa. É a personagem mais apaixonada de todos os romances que já li. Do tipo que prefere que o ser amado seja feliz, mesmo que não seja ao lado dela. Sua generosidade é chocante, toda vez que leio, fico paralisada com o ato de amor incondicional.

Não posso esquecer de mencionar, o meu amado, idolatrado, salve, salve: Cash Grier. Ohhhhh!!! Ele é maravilhoso. Há muitas pessoas, que acreditam que Crissy ficaria melhor como Cash do que com Judd. 

Não penso assim, acho que Crissy é muito inocente para um homem vivido como Cash. Ele precisa de uma mulher forte, uma sobrevivente como ele. E outra coisa, se ele ficasse com a Christabel a mimaria tanto, que ela ficaria, terrivelmente estragada. 

Amo essa história!!!

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Cinco anos atrás, Judd Dunn, um patrulheiro do Texas, colocou o pai de Christabel Gaines atrás das grades. Mas a presença de Judd na vida de Christabel estava longe de terminar. Eles se casam apenas no cartório, jurando salvar o rancho que pertence aos dois e ignorar a grande atração que existe entre eles.

Quando Judd enfim decide libertá-la de um compromisso fadado ao fracasso, é perseguido por um inimigo sedento de sangue que resolve atingi-lo em seu ponto fraco: sua esposa. Não mais uma menina inocente, Christabel é uma mulher inteligente e destemida com desejos insatisfeitos. E fará qualquer coisa em nome do amor… até mesmo ser baleada no lugar de seu marido.

Com suas vidas em jogo, Christabel e Judd precisam enfrentar novos rivais e os desejos mais profundos… armadilhas de um destino do qual não podem fugir.

Fora da Lei é um romance hipnótico, cheio de tensão dramática e personagens fascinantes, que prende a atenção do leitor até seu desfecho surpreendente.



Obs.: Se você quer saber mais sobre a autora Diana Palmer e seus livros entre no blog: 
http://su-romanticgirl.blogspot.com.br/  da "Suelen Mattos" a nossa especialista em Diana Palmer aqui no Brasil.
segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016
Título original: Grey
Título: Grey: Cinquenta Tons de Cinza Pelos Olhos de Christian
Autor: E.L. James
Tradução: Adalgisa Campo da Silva, Julia Sobral Campos e Maria Carmelita Dias
Série: Cinquenta Tons 04
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Nossa!!! Fiquei surpresa, não imaginava que estava com tanta saudade do belo Christian Grey. É indiscutível que o personagem é cativante, mas tenho minhas restrições em relação a Christian ser um Dom de verdade ou melhor: didaticamente falando. Na realidade o belo não passada de um simples controlador, com sérios problemas emocionais e nada mais.

Mas é gostoso observar o ponto de vista dele e sua incapacidade de enxergar a si mesmo. Ana virou sua vida de ponta cabeça e mesmo assim ele não percebe, pois está tão focado em não perdê-la, que não se dá conta de quantas concessões fez por ela e faria milhões delas se isso garantisse sua permaneceria ao seu lado, mesmo assim ele simplesmente não enxerga que está loucamente apaixonado. Porque acredita que é um mostro sem coração.

Todos a sua volta estão preocupados ao mesmo tempo estão felizes por ele. Mas  o coitado não compreende, é tudo tão novo e desconhecido, seu mundo era organizado  e esquematizado, não havia contratempos, até Ana aparecer e penetrar no seu mundinho fechado. E nada nunca mais vai ser como era antes...      

Só posso garantir que é maravilhoso observar Christian e suas batalhas  emocionais.

RECOMENDADÍSSIMO!!!!



Contra Capa:

Na voz de Christian, e através de seus pensamentos, reflexões e sonhos, E L James oferece uma nova perspectiva da história de amor que dominou milhares de leitores ao redor do mundo.

Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido.

Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?
sábado, 6 de fevereiro de 2016
Título original: My Lady De Burgh
Título: A Noiva De Burgh
Autor: Deborah Simmons
Tradução: Denise Ponte Rosa
Série: O Clã dos De Burgh 06
Editora: Harlequin 
Ano: 2011
Comprar: Infelizmente só nos sebos.

Resenha:

Vamos observar o travesso Robin, sucumbir à maldição que assolou toda a sua família, o casamento.

A princípio fiquei com vontade de matar Robin, e pensei que ele era muito pior que o Simon, olhe que no caso do Simon demorei quase o livro todo para perdoar seu machismo absurdo.

Agora o engraçado Robin me aparece com essa história mais absurda e idiota sobre maldição e ainda por cima leva aquilo adiante. Fiquei louca, queria espancá-lo. Mas, com o passar dos capítulos compreendi toda aquela besteira. 

Na realidade, era apenas uma desculpa para ocultar seus verdadeiros desejos, sua dor e sua falta de conhecimento, no que diz respeito ao um envolvimento sério com uma mulher, resumindo ele não entendem nada sobre as mulheres. Ohhh, que novidade!! 

Todos os irmãos não entendem patavina sobre as mulheres, pois só conviveram com homens, o mais perto que chegaram das mulheres foram as empregadas do Castelo que eram muito mais velhas, imagine a falta de conhecimento sobre a alma feminina, tenho até dó dos meninos. Ótima história!!!


RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

A Noiva De Burgh

A família inteira estava amaldiçoada! Robin de Burgh tinha jurado manter-se solteiro, apesar dos caprichos do destino. Mas um vil assassinato o une à espirituosa Sybil, uma donzela indefesa que insiste em dizer que não precisa dele, mesmo quando Lorde Robin De Burgh, um cavaleiro dos mais petulantes, exigiu que ela confiasse a ele sua vida e seu coração.
quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016
Título original: Gaian, o Reinício
Autor: Cláudio Almeida
Série: A Saga do Infinito 01
Editora: Novo Século
Ano: 2015
Comprar: Nos sites da Amazon, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Estou a horas tentando encontrar as palavras para descrever muito sentimentos que estão em conflitos dentro de mim, sentimentos estes despertados com o fim da leitura de Gaian. Muitas palavras me vem a mente como: maravilhoso, fantástico, inovador, impressionante, surpreendente, e muitas outras que não posso mencionar porque são improprias para este texto.

Não me leve a mal, mas estou me sentindo desvirginada, sei que é uma palavra forte, mas é a única que encontrei para descrever meu sentimento. Nunca havia lido um épico desta magnitude, na realidade devo admitir que é o meu primeiro livro de fantasia, se não contando fantasia romântica ou fantasia erótica. 

É tanta informação, mas não se preocupe, o autor foi detalhista e preciso, houve momentos que me imaginei dentro das batalhas observando o combate sentindo o cheio de sangue, da terra, da grama molhada. Sério, pirei em alguns momentos, principalmente com Arffek, guerreiro sagrado, que tem conhecimento de magia antiga. Fiquei brigando com o coitado, ele me deixa nervosa, me enlouqueceu, entendo que ele sofreu um grande golpe, que ainda está sofrendo a perda de sua amada, que é um homem amargurado. 

Arffek é um herói que trás muito ódio no coração e tem uma missão a cumprir, foi escolhido para liderar essa jornada, para combater os vilões e não para ficar se remoendo e se deixando levar pelo passado, precisa se concentrar, espero que no próximo livros ele consiga administrar seu ódio e seja mais sábio como Brisrar.       

Brisrar, apesar de não ter todo os poderes de Arffek é uma guerreira sagrada muito sabia e sensata, é obvio que ela pode cometer equívocos, mas guerreira está sempre preocupada com todos e tenta acertar, o momento é difícil, ainda mais quando seu mundo está virado de ponta cabeça, há muitos mistérios, destruições, traições daqueles que menos se espera, reinos sendo ameaçados por forças inacreditáveis, lugares lindos e mágicos que escondem segredos e surpresas.

Ainda temos Ulthigar, filho de um rei bárbaro, que ainda está tentando se encontrar como guerreiro sagrado, ele não tem todo o poder Arffek e nem a sabedoria de Brisrar, mas é um homem de caráter, habilidoso e entrou nessa jornada de coração aberto, sabendo dos ricos e da importância, mas desejando um dia voltar para seu reino, para sua família.

Depois de tudo fica uma pergunta no ar: o que aconteceu com Heim?  

Gaian é espetacular, tem todos ingredientes para se tornar uma grande história, tem um enredo leve e poético, texto descritivo sem ser massante, pelo contrario nos abre os olhos para lugares e suas belezas e odores. A jornada está apenas começando, espero com muita ansiedade o próximo volume, sei que o autor já começou a escrever, por falar no Cláudio, precisaria de outra resenha para descrever a figura que ele é, mas posso deixar claro meu carinho e respeito por esse autor que está sempre atento ao seus leitores e disposto a uma boa conversa. 

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Gaian - o reinício é uma fantasia épica e narrará os últimos acontecimentos da Sétima Era daquele mundo que revelaram o nascimento de uma guerra, a queda do grandioso Reino do Norte e o reaparecimento dos guerreiros sagrados - um grupo destinado a combater o mal que trará, a cada povo de Gaian, desespero, dor, pavor e morte, e deseja acima de tudo a destruição. Quais escolhas devem ser feitas? O que importará mais? A força ou a sabedoria? Quais serão os caminhos dos guerreiros sagrados diante dos desafios? Haverá ainda espaço nas almas para a esperança?

Seja bem-vindo a Gaian. Um livro sobre perdas, poder, pureza, vingança, aprendizado, medo e sobretudo crescimento. Um livro onde o passado, o presente e o futuro se encontrarão para formar o destino.



Sinopse:


AQUI   NASCE   UMA
GRANDE   HISTÓRIA 

Nos campos verdejantes e vastos de uma terra, onde os corações são elevados e a noite se deita pacífica, o sinal da primeira batalha surgirá pelo punho e pela mente de um guerreiro que trará em sua alma uma antiga herança, há muito perdida; além das próprias concepções deste mundo. 

Um tempo será construído por perdas, vitórias e um conhecimento oculto pela ignorância, desmascarada por um mestre que revelará sua visão oposta e levará Gaian a um período árduo. Suas vontades serão conduzidas pelo sucesso, mas, no final, quando seu maior desejo estiver aflorando no coração, haverá outro de igual valor e poder. Eles se encontrarão para decidir os caminhos - o que foi traçado e o que ainda será.

O caminho levará a uma época de muita riqueza, de consciência, e essa época dourada antecederá outra de muita dor, pois Gaian será tocada e, com ela, se envolverão todas as almas - plenas ou não. Os povos, antes unidos em ideias supremos, se convergirão para criar, não a maior das perdas, mas a mais terrível delas, a senhora de todos os males - a penumbra e a poeira que cobrirão o tempo.

Irmãos serão adversários e algozes do presente. O Maior deles, no entanto, deixará sua marca no futuro. Ela caminhará junto ao esquecimento e se erguerá em um momento difícil, quando os corações desconhecidos, que afastados estarão, não souberem da luz do passado. Então, o que estará separado no espaço e no tempo se tornará unido, e o que o passado imemoriável ergueu como destino será compreendido para que, pelas mãos distantes e condutoras da esperança e da força, a paz seja o ideal da eternidade


Profecia de Gaian
terça-feira, 2 de fevereiro de 2016
Título original: Sultry
Título: Ardente!
Autor: Mary Lynn Baxter
Tradução: Cíntia Braga & Heitor Pitombo
Editora: Harlequin 
Ano: 2005
Comprar: Infelizmente só nos sebos.


Resenha:

Não vou negar, comprei o livro pela capa. Nunca havia lido nadinha desta autora, Mary Lynn Baxter. Mas pode acreditar fiquei fã. Ela me prendeu totalmente, só consegui parar de ler no último ponto final. 

A danadinha sabe escrever, conseguiu desenvolver bem demais os personagens principais como os coadjuvantes. Sabe como ninguém colocar boas falas na boca dos ditos cujos. Até pareceu uma peça de teatro em alguns momentos. Maravilhoso!!!

Além de mesclar cenas hots, alta tensão e depressão. Os assuntos abordados são muitos e variados, destaco: o conflito entre pai e filha e a atração sexual entre Lindsay e Mitch, houve momentos que pensei que o livro pegaria fogo e me queimaria literalmente.

Não vou ficar dando muitas dicas, porque o gostoso são as emoções impactantes proporcionadas a cada página. É um livro para ser saboreado, com calma. Dou minha palavra que ninguém vai se arrepender se o assim fizer.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Cansada de ser um joguete nas mãos dos homens Lindsay, uma menina rica do Mississippi, decide se tornar uma rebelde. E o principal responsável pela centelha que acende essa fogueira é Mitch Rawlins. Bronzeado, sexy, exalando masculinidade, Mitch é um homem perigoso, desafiador e muito tentador!

Ele também sente uma atração irresistível por Lindsay, mas não está interessado apenas em um passatempo. Muito menos em ser um brinquedo para uma garota mimada. Ele quer muito mais… quer Lindsay só pra ele.

Há uma certa melancolia nos olhos dourados dela que o atraem. E Mitch está mesmo disposto a assumir muitos riscos por ela. Menos um - justamente aquele que partiria o coração de Lindsay... 

Quem sou eu

Minha foto

Sou Jornalista, artesã, corredora(pelo menos tô começando), leitora fanática..., mas tem a cara de pau de achar que ainda pode dar conta de um blog, acredita?

Facebook

Visualizações

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquise no blog

Meus livros no Skoob

Instagram

Popular Posts

Goodreads

Adriana's books

This Calder Sky
5 of 5 stars
Os Donos da Terra Janet Dailey Isabel Paquet de Araripe A Saga da Família Calder 01 Record 1983 Já devo ter mencionado, em outra resenha de algum livro da Janet Dailey, mas é necessário reforçar. Os personagens que está autora cria são ...
The Unexpected Millionaire
5 of 5 stars
Inesperado Susan Mallery The Million Dollar Catch 02 Harlequin 2014 Meu Deus!!! Como não se apaixonar por Willow? Impossível, é uma personagem cativante, hilária, espertinha, carinhosa e solidária. Não é atoa que Kane se apaixona d...
Das Kartengeheimnis
5 of 5 stars
O Dia do Curinga Jostein Gaarder Cia. Das Letras Ano: 1999 Já vou avisando, qualquer exagero, disparate, heresia ou algo que valha; escrito por mim nesta resenha, não pode ser classificado com absurdo, ok? Porquê? Muito simples. Sou ...
1808
5 of 5 stars
1808 Laurentino Gomes Planeta 2009 Apesar de estar ligado à história, Laurentino Gomes não é historiador ou biografo. Ele é jornalista. Por isso, talvez, posso dizer que este livro tem uma linguagem e uma compreensão dinâmica. Com mu...
Dance to the Piper
5 of 5 stars
Maddy Nora Roberts Os OHurley 02 Harlequin 2014 Não há dúvidas que Maddy é a mais maluquinha das trigêmeas. Identifiquei-me com muito com ela. É uma pessoa positiva, sem medo de arriscar e encarar o desconhecido. Quando se apaixona...

goodreads.com

Translate

Follow by Email